Maratona Portalegre [ 2006 ]
| 2006 | 2007 | 2008 |

Fotos
À Pois é ….., aquele dia que muitos ansiavam, e pelo qual esperaram desesperadamente lá chegou.
Não é fácil falar de uma maratona como esta, será pelo número de participantes, será pela dureza da prova ???, poderá ser também pela excelente organização do evento???
Quem sabe, se não é um misto de todos estes factos, associados à paixão chamada BTT que faz juntar tantas pessoas, talvez 3.000 numa prova que de facilidades não tem nada.
Para nós, mais parecia um cordão de gente em cima de bicicletas que nunca mais terminava, e que se juntaram em prol de alguma causa. Mas não, o que faz mover gente de todo do país é talvez a paixão pelo BTT e pela camaradagem que se vive nestes eventos.
Com uma organização do outro mundo, onde de nada faltou, os Ases do Pedal, entidade organizadora, brindou-nos com uma prova espectacular e inigualável de atingir.
Perante tais factos, devemos curvar-nos perante eles e agradecer-lhes todo o esforço que foi desenvolvido.
No que à prova diz respeito, a dureza foi nota dominante. Com uma primeira parte muito desgastante (sempre a subir), nada melhor que uma segunda parte não menos dura, ou seja (sempre a subir). À pois foi, até à famosa subida das antenas, o pessoal nem teve tempo para respirar, ou seja quem partiu mais à frente lá se conseguiu desenrascar, quem se deixou ficar para trás passou um bom bocado parado e apeado.
A partir das antenas, aí sim foi sempre a abrir, mas continuámos sem poder respirar pois o pó era sufocante, tal era o ritmo imposto, e desde furos a quadros partidos tudo se viu, infelizmente também se viram algumas quedas. Mas pronto, esta fase lá passou e o pessoal lá ia andando ou seja uns “empenando” outros “desempenando”.
E assim iam as modas. A partir dos 60 km é que a porca começou a torcer o rabo, pois a frescura já não era muita, o piso teimava em não ajudar, quando não era a subir era a subir, e as pernas invejosas também se começavam a queixar.
Mas com maior ou menor empeno, o pessoal lá superou mais esta etapa, e por muito que alguns digam que 100 km nunca mais, o bichinho na hora da verdade começa a roer e aí estamos outra vez inscritos nos tais 100 Km.

Maratona PortalegreBTT 2006
Dorsal
Ordem
Nome
Maratona
Tempo
3257
138 º
JOSE ANTONIO POEJO CRISTO 
40 KM
03:28:14 
3661
808º
JOSE LEBRE
40 KM
04:49:23
4214
808°
JOSE RIBEIRAL
100 KM
07:12:01 
4330
809°
CRISTIANO CARVALHO 
100 KM
07:12:05
4913
------
ANTONIO MARGARIDO MONTEIRO
100 KM
--:--:--
4932
360°
TIAGO ALEXANDRE ADRO RODRIGUES
100 KM
06:13:41 
4940
111 °
MARCIO DANIEL ADRO RODRIGUES 
40 KM
03:22:22 
4942
200 °
JOÃO MARQUES
40 KM
03:43:00 
4951
------
LUíS MARQUES
100 KM
--:--:--
4953
------
CARLOS MANUEL C. PEGUINHO TORRES
100 KM
--:--:--
4955
140°
JOSÉ ALBINO
100 KM
05:35:55
4956
271°
ANTONIO SOLDADO
100 KM
06:01:42 
4961
------
ANA FILIPA PARREIRA SOLDADO
40 KM
--:--:--
4965
628º
ANA MARTA ROSA PARREIRA SOLDADO
40 KM
05:25:38

Saudações Betetistas, até 2007