Azeitão - Albufeira [ 2009 ]
GPS | Cartaz 4º Passeio de São Martinho

3 e 4 de Outubro 2009

Desta feita, a ligação por barco entre Setúbal e Tróia teve outro sabor, bem como a partida em Tróia, pois o nosso destino era Albufeira, mas por "mato", apenas com o alcatrão estritamente necessário. No primeiro dia de viagem fizemos os primeiros quilómetros por alcatrão entrando no meio dos arrozais já perto da Comporta e posteriormente mais alcatrão. Logo nestes quilómetros iniciais e mais fáceis criaram-se três grupos que se mantiveram até Albufeira com 3 andamentos distintos, mas todos com a mesma finalidade: conquistar Albufeira.
Odemira seria o destino do primeiro dia, num percurso que se mostrou bastante interessante do ponto de vista paisagístico com o montado e o pinhal a predominarem e mais uma vez caiu por terra a tal teoria do "Alentejo plano", pois o sobe e desce foi constante, predominando os estradões, com algumas zonas de areia na parte final, antes de entrarmos no alcatrão até Odemira. Antes de Odemira, ainda fomos surpreendidos por uma subida em alcatrão digna de respeito, já com 130 km's nas pernas. A "Residencial Rita" foi o sitio escolhido para passarmos a noite e termos o merecido descanso para o dia seguinte, o que aconteceu dentro da normalidade. O repasto foi bom e apenas houve reclamações pela dureza da madeira das cadeiras, tendo ficado combinado que para a próxima a almofadinha pessoal teria que ser um factor a ter em conta. Porque seria? 
A partida do dia seguinte ocorreu por volta das 8 horas e começámos por percorrer vários kms ao longo do rio Mira, num percurso plano e pouco acidentado, incluindo alguns single tracks. Neste dia já tivemos que gerir o esforço, principalmente para quem as forças já começavam a faltar e que sabia que o repto era mesmo chegar a Albufeira montado em cima da bike. A serra foi incontornável e para conseguirmos apreciar a sua beleza tivemos que a vencer com uma parede digna de respeito, onde alguns tiveram que efectuar uma retirada estratégica de cima da bike e só voltar a montar já no topo, apreciando a vista em direcção ao mar.       
Após a serra, ainda faltavam 30 kms mais planos, mas como nestas coisas não gostamos de facilidades, apareceu a areia e com ela alguns companheiros começaram a ter cãimbras que já com o cheiro a Albufeira conseguiram vencer. Albufeira por fim foi alcançada e mais um percurso levado de vencida para juntar às nossas memórias, merecida vitória pessoal de todos os que nela se empenharam.   

O percurso traçado surpreendeu pela positiva pois foi diversificado e com pouco alcatrão, o que nem todos esperavam. No BTT a travessia é uma das modalidades/vertente mais completa, pois apela ainda mais ao companheirismo e realça os destinos a que nos propomos, sendo cada uma uma aventura dentro deste nosso desporto que é já uma aventura.  
Os dois dias permitem que seja efectuada em qualquer fim-de-semana e não obriga a muita logística, pelo que é o ideal para uma primeira experiência do género, não esquecendo, claro, que as distâncias são bastante longas. O GPS mais uma vez foi indispensável e neste tipo de passeio é a segunda ferramenta essencial logo a seguir à bicicleta. 
Parabéns a todos os que participaram e até uma próxima oportunidade. 

Gostaríamos ainda de deixar uma nota de agradecimento ao patrocinador Mundimat, e ao apoio da loja SuperBikes III e a todos os que ajudaram na organização, bem como ao incansável amigo do pedal Jacinto Carvalho que nos acompanhou e procedeu aos abastecimentos.

Trajecto

Pelo facto dos terrenos entre Tróia e Melides serem de natureza arenosa e de, consequentemente, a sua transposição em bicicleta se tornar impossível optou-se, assim, por cobrir esta distância de cerca de 45 quilómetros em asfalto (como o Troia – Sagres).
De igual modo e, à falta de alternativa viável para a travessia da Ribeira do Torgal, os últimos quilómetros entre Troviscais e Odemira (maioritariamente descendente) será efectuado pela EN 120.
No segundo dia os primeiros quilómetros até Sabóia serão também por asfalto.
Assim, o traçado deste raide será o seguinte:

Azeitão-Odmira 154Km


DIA 1

• Azeitão - Setubal
• Travessia do Rio Sado em barco
• Concentração em Tróia (07:45)
• Tróia – Comporta, pela EN 253-1
• Comporta – Carvalhal – Entroncamento de Casa Branca, Pinheiro da Cruz, Caveira e Melides, pela EN 261 – Final do troço em estrada.
• Melides – Vale Figueira
• Travessia do Barranco do Livramento
• Cruzamento da EN 544
• Travessia do Barranco do Moinho
• EN 548 e travessia inferior do IP8
• Santa Cruz
• Cruzamento da EN261 junto a Santiago do Cacém
• Bairro da Carapinha
• EN 261-3
• EM 1100 e cruzamento da ferrovia

• Barranco da Velha
• Paiol
• Barragem de Morgavel
• Sonega
• EN 120 – 1
• Sobroso Novo
• Morcegueira
• EM 1116
• Cruzamento da EN 390
• Foros da Pereira
• EN 532
• Monte do Amarelinho
• Vale Bejinha
• EM 1100
• Barranco da Laje
• Troviscais
• EM 1100 – 1
• Castelão
• EN 120
• Reguengo Pequeno
• Travessia da Ribeira do Torgal
• Odemira – Pavilhão Municipal

Odmira-Albufeira 108Km


DIA 2

• Odemira
• Travessia do Rio Mira
• EN 120
• Saída à esquerda após o cemitério
• Boavista dos Pinheiros
• Canejinha, Sobreiro, Carvalhal, Portela da Fonte Santa e Várzea Longa
• Sabóia
• EM 1118
• Viradouro
• Cruzamento da EN 266 e da Ribeira de Telhares
• Pereiras Gare
• São Marcos da Serra

• Cruzamento da Linha do Sul
• Ribeira de Odelouca
• Foz do Carvalho
• Transposição a Vau da Ribeira de Odelouca
• Subida do Barranco de Parra
• Açor
• Casa Queimada (Barragem do Arade)
• Santo Estevão
• Torres e Cercas
• Gare de Alcantarilha
• Cruzamento da EN 125
• Cruzamento da Ribeira de Espiche
• Vale de Parra
• EN 526 - 1
• Pátio
• Albufeira

CARACTERIZAÇÃO DO RAIDE 
(A inscrição efectua-se mediante o preenchimento da ficha e o envio por e-mail do comprovativo.

    • O “Raide Azeitão – Albufeira 09” é uma ligação em BTT com cerca de 265 Kms organizado pelo Clube BTT de Azeitão e que decorrerá nos dias 03 e 04 de Outubro de 2009 entre a Azeitão e Albufeira passando por Odemira onde termina a primeira etapa. O trek GPS é fornecido aqui a partir do dia 1 de Outubro. As inscrições são apenas para sócios do Clube ou convidados da Loja SuperBike III.

    • A concentração será às 05:50 na Praça da República (Rossio) em Azeitão. (barco para a Tróia das 06:50). 

    • O Raide apresenta uma dificuldade física muito elevada pelo que é importante que os participantes avaliem correctamente se possuem as condições físicas e psicológicas adequadas para poderem levar de vencido este desafio. 
    • Por compreensíveis motivos de natureza ambiental e logística o trajecto do Raide não terá o seu percurso marcado ou sinalizado no terreno. O Percurso será guiado por GPS pela organização ou em grupos autónomos em que pelo menos um participante possua GPS. De igual modo não se trata de uma competição e não tem qualquer intuito classificativo. 

    • O Raide não utiliza nenhum canal de tráfego próprio e exclusivo mas estradas, caminhos rurais e trilhos abertos ao movimento de outros veículos, pelo que todos os participantes terão que conhecer cumprir e respeitar todas as regras de trânsito constantes do Código da Estrada. 

    • O Raide é feito em autonomia e auto-suficiência e cada participante deverá levar líquidos e alimentação em quantidade adequada tendo em consideração a extensão da etapa a distancia ao proximo abastecimento, bem como as ferramentas indispensáveis para reparar eventuais avarias.

    • As inscrições estão abertas até ao dia 17-09-2009 e só são validas após o envio de comprovativo. Só depois de confirmado o pagamento é colocado o nome e atribuído o nº do frontal. As inscrições podem ser efectuadas aqui ou na Loja Superbike III.
    • Está incluído: Frontal alusivo ao evento, 2 abastecimentos por dia, estadia do dia 3 para 4 de Outubro, e Jantar no dia 3. 

Diferenças de Altitudes

Subida acumulada: 1.260 Metros
Descida acumulada: 1.252 Metro

Diferenças de Altitudes

Subida acumulada: 1.192 Metros
Descida acumulada: 1.197 Metros

 

Nome
Clube
Localidade
Frontal
João Miguel Varela M. Marques
Todos
Almada
001
Ismael Martins
Clube BTT de Azeitão
Azeitão - Oleiros
002
Josó António Poejo Cristo
Clube BTT de Azeitão
Azeitão
003
Jorge Manuel M. Campos
Superbikes/bttcostaazul
Charneca Caparica
004
Arnaldo Monteiro
Mundimat
Palmela
005
António José Consalado Corregedor
Individual
Charneca Caparica
006
Cristiano Jorge gomes Carvalho
Clube BTT de Azeitão
Azeitão
007
José fernando Vaz Alves
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
008
José Manuel Jerónimo Centério
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
009
Emanuel Pires
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
010
Rui Pedro Sottomaior Fortunato
BTT Costa Azul
Costa da Caparica
011
Ruben Gabriel Costa Valente Rodrigues
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
012
Francisco josé Valeente Rodrigues
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
013
Telmo Rosário Pombo de Abreu
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
014
Rui Manuel Barreiro Gonçalves Cortegaça
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
015
Paulo Alexandre Batista Canário
BTT Costa Azul
Charneca de Caparica
016
Pedro Alexandre D. Pereira
Superbikes
Charneca de Caparica
017
Sitor Silva
Superbikes
Charneca de Caparica
018
Alvaro Marcelino
Superbikes
Charneca de Caparica
019
Marcio Rodrigues
Mundimat
Charneca de Caparica
020
Filipe Pereira
Mundimat
Palmela
021
Celso Almeida
Mundimat
Palmela
022
Nuno Reis
Mundimat
Palmela
023
Tiago Rodrigues
Mundimat
Palmela
024
 
Apoios:
SuperBike III  | BTT costa Azul