Raid Beira Baixa ao Alto Alentejo [ 2012 ]
Fotos | GPS | Cartaz 4º Passeio de São Martinho |

DIA 1 – 01 de Maio
Penamacor, Serra da Malcata, Nº Sra do Bom Sucesso, Aldeia de João Pires, Aldeia de Relva, Monsanto.

- Após alguns meses de ansiedade e com muitos preparativos pelo meio chegou o dia mais ansiado.
 A noite foi muito pequena, por força do despertador que por volta das 3 Horas e 15 minutos fez questão de alertar para a viagem que se avizinhava até Penamacor.
Com a mercadoria dentro da viatura, a partida deu-se por volta das 4 horas com os 6 magníficos (com muita pena daqueles que sendo presença assídua em eventos desta natureza desta vez não puderam estar presentes).
Com uma viagem tranquila, a chegada a Penamacor (local do inicio) por volta das 8 horas e 30 minutos.
 Com as bikes todas preparadas, deu-se início a esta “missão” com um brinde de Moscatel de Setúbal e um belo bolo-rei (oferta do colega Carlos Trancadas). Como o tempo estava inseguro e o frio primava por não se ir embora o corta-vento foi apetrecho importante durante quase todo o dia. 
  A etapa prometia, e os 58 kms de extensão com passagem pela bela Serra da Malcata foram o ex-líbris deste 1º dia, sempre com a presença de alguma instabilidade meteorológica que de vez em quando fazia a sua aparição. A chegada a Monsanto, deu-se por volta das 15:00 Horas, sem problemas mecânicos nem quedas a registar.
A tarde foi passada a visitar a bela aldeia de Monsanto, aldeia que se recomenda pelo facto de ser a Aldeia mais Portuguesa de Portugal.

DIA 2 –02 de Maio
Monsanto, Penha Garcia, Idanha-a-Velha, Barragem de Idanha, Idanha-a-Nova, Ladoeiro.

- Com alvorada pelas 7:00 Horas e depois de uma noite bem descansada, o pequeno-almoço excelentemente servido e composto por produtos de região deu-nos força para começar este 2º dia. Com uma etapa a rondar os 64 Kms a partida deu-se pelas 8:45 Horas, sendo certo que a paisagem prometia uma etapa muito interessante, onde se destaca o Parque Geológico de Penha Garcia, não nos podendo esquecer da sempre bela aldeia de Idanha-a-Velha.
A chegada a Ladoeiro deu-se por volta 15:00 Horas e mais uma vez sem qualquer problema mecânico nem quedas a registar.  

 

DIA 3 –03 de Maio
Ladoeiro, Perais, Vila Velha de Ródão.

- Mais 1 vez a alvorada deu-se por volta das 7:00 Horas, e esta sim foi a etapa mais difícil, não por força da distancia + – 63 Kms, nem da altimetria que até começou muito rolante proporcionando uma média bastante agradável durante o primeiro terço da prova, mas pelo facto da chuva que teimou por aparecer nos últimos 20 Kms vindo a dificultar mais a etapa.
Com passagem pela localidade de Perais, a chegada a Vila Velha de Ródão deu-se por volta das 14:00 Horas.
De registar uma pequena queda sem qualquer consequência (fruto da inexperiência do atleta) e 1 furo facilmente resolvido pelo mecânico sempre presente Carlos Trancadas.
 A tarde passada no belo Hotel Portas de Ródão serviu para um merecido descanso e uma bela jogatana de “Rami”.

DIA 4 – 04 de Maio
Vila Velha de Ródão, Nd. Da Graça de Povoa e Meada, Castelo de Vide, Portalegre.

- E como tudo o que começa tem um fim, este foi o ultimo dia de prova que nos levou até Portalegre.
Com a Alvorada marcada para as 7:00 Horas, e um pequeno-almoço reforçado, a partida deu-se por volta das 9:00 horas para um percurso com uma distância de + – 67 kms, mas com uma altímetria muito acentuada e algumas subidas que até a pé eram difíceis de ultrapassar, mas com umas paisagens daquelas que nos ficam para sempre na memória, salpicada com a aparição de alguns veados que ao longo do percurso foram aparecendo.
Com passagem (quer dizer subida) até ao Castelo em Castelo de Vide, a transposição da Serra por uma estrada romana simplesmente espectacular abriu-nos uma extensa planície que nos levaria até Portalegre, cidade escolhida para os términos desta provação por volta das 15:30 Horas.

Participantes:

José António Ribeiral
Cristiano Carvalho
Carlos Trancadas
Ismael Martins
Carlos Rocha
Jacinto Carvalho (motorista)

Agradecimentos:

FILPIS
A.Garcia
ASES DO PEDAL    
 
Com o terminar de mais um evento singular, quero deixar em nome de todos os participantes uma palavra de agradecimento à empresa FILPIS (Carlos Trancadas) pela disponibilização de uma viatura para o transporte e acompanhamento deste evento.
Ao colega Jacinto Carvalho, pela paciência que ao longo de 4 dias teve para descobrir, comprar e alimentar os 5 participantes neste evento.
Á Associação Ases do Pedal, pela disponibilização das suas instalações para que pudéssemos tomar banho em Portalegre, e pela forma como fomos recebidos o nosso muito obrigado.

Notas do percurso:
Este percurso foi todo efectuado com recurso a traços de GPS que o colega Cristiano Carvalho teve o trabalho de “criar” recorrendo à pesquisa e efectuando diversas montagens proporcionando a passagem por algumas das localidades históricas de Portugal.
Ao longo do percurso, e pelo facto de alguns trilhos passarem dentro de herdades privadas fomos diversas vezes confrontados com muitas cancelas, estradas que entretanto não existem levando ao desvio muito ligeiro do percurso e diversas ribeiras que poderão em determinadas fases do ano tornarem-se obstáculos de elevada dificuldade de ultrapassar.

Clube Btt de Azeitão

Dia 01/07/2012 * Terça-Feira

59Km (Altitude desde 385 para 716 Metros) 
Subida acumulada: 1.213 Metros, Descida acumulada: 1.270 Metros

Dia 02/07/2012 * Quarta-Feira

62,80Km (Altitude desde 716 para 714 Metros) 
Subida acumulada: 2.082 Metros, Descida acumulada: 2.387 Metro

Dia 03/06/2012 * Quinta-Feira

77,59Km (Altitude desde 714 para 398 Metros) 
Subida acumulada: 1.359 Metros, Descida acumulada: 1.484 Metro

Dia 04/06/2012 * Sexta-feira

75,70Km (Altitude desde 398 para 785 Metros) 
Subida acumulada: 1.860 Metros, Descida acumulada: 1.494 Metro

Apoios: