Usuário Senha Registe-se aqui

Conselhos para principiantes

 

Muito se tem falado de conselhos para principiantes, e muitas ideias se vão partilhando.

Das pesquisas que temos efectuado, e das opiniões que temos registado, vamos também nós dar-vos a nossa opinião acerca daquilo que pensamos ser essencial para se poder desfrutar do máximo conforto ao usufruir da sua bicicleta.

Aquecimento e alongamentos . Devemos dar algumas voltas de aquecimento, em seguida devemos parar e fazer alguns alongamentos. Os alongamentos de aquecimento consistem em "aquecer" todas as articulações rotativas (pescoço, ombros, cotovelos, pulsos, anca, joelhos e tornozelos).

Depois podemos também esticar os músculos das pernas para "libertá-los" e aquecer os tendões.

Hidratação / Alimentação, Estes dois componentes são muito importantes pois o conforto ao longo da viagem, vai depender da nossa capacidade de resistência. Em primeiro lugar ninguém gosta de praticar desporto com a sensação de fome e sede. E para os músculos não se desgastarem rapidamente, precisam de estar hidratados, beber bastante água aos poucos. Podemos usar também bebidas energéticas, mas água é o suficiente.

A alimentação durante a viagem também é importante, para o nosso corpo não gastar por completo as reservas que já tínhamos, para tal, devemos ter sempre à mão uma barra energética ou uma peça de fruta.

Equilibre o corpo, Pondo o seu peso no pedal exterior. Por exemplo, ao virar para a esquerda, devemos pôr o pedal direito em baixo, colocar todo o peso nele e com o corpo inclinado para o lado que estamos a virar (neste caso seria para a esquerda). Estes aspectos ajudarão na aderência dos pneus durante a curva. Caso comece a perder a aderência, contrabalance a direcção e liberte o pé do lado interior (esquerdo neste caso) para estabilizar.

Segurar firmemente mas descontraído. Devemos segurar o guiador firmemente, mas libertar o movimento dos braços. Assim não ficamos tensos. Não dando demasiada importância ao guiador, podemos concentrar-nos no percurso a escolher com mais facilidade, melhorando o nosso comportamento ao longo dos percursos.

Não olhe só para onde quer ir. Quando se anda de bicicleta tem que se ter um olhar mais abrangente, não nos podemos fixar num ponto, senão é mesmo por ali que vamos passar. Por Exemplo, se nos fixarmos entre duas rochas num trilho, é por aí que vamos. Se focar-mos uma das pedras, vamos bater-lhe! Basicamente, quando focamos visualmente um local, é para lá que o nosso cérebro indicará aos músculos como local de passagem.

Pneus. É um pequeno investimento mas com grande retribuição. Quanto melhor a escolha maior será a prestação da nossa bicicleta nos mais diversos terrenos (terra, pedra solta, etc.). Os pneus gastam-se mais depressa do que pensamos, e borracha nova prevenirá os furos com maior eficácia. Também irá melhorar o comportamento da bicicleta especialmente em necessidade de aderência extra.

Gestão da transmissão. Não devemos mudar consecutivamente as mudanças enquanto subimos ou estamos em esforço. É duro para a corrente e para os carretos. Devemos pedalar suavemente enquanto metemos mudanças, especialmente a subir. Devemos manter a corrente paralela entre a pedaleira e o carreto. Quando sentir-mos que já não está a fazer força e a rotação aumenta consideravelmente, devemos por uma mudança mais pesada (descer o carreto atrás). Quando quisermos mudar a pedaleira para cima por exemplo, devemos mudar o carreto de trás também para cima e assim a mudança de velocidade torna-se mais suave. Podemos fazer o mesmo numa situação inversa.

Quando vamos em recta a uma velocidade considerável com uma mudança "pesada", e temos que parar por exemplo num semáforo, antes de imobilizar a bicicleta, devemos mudar para uma relação bastante mais leve. Assim quando tivermos de arrancar, não precisamos de mudar várias mudanças quase parado, que o atrapalha muito no equilíbrio da bicicleta.

CÓDIGO DE CONDUTA COMO CIDADÃO

1. Respeite e mantenha boas relações com as autoridades das vias públicas, e da protecção da Natureza.
2. Apoie e participe na luta para a preservação da Natureza.
3. Colabore na protecção das áreas arborizadas, por forma a evitar incêndios florestais.
4. Respeite os proprietários dos terrenos que atravessa, e toda a sua tranquilidade.
5. Mantenha fechados os portões ou vedações, respeitando as culturas e o gado.
6. Respeite o Silêncio da Natureza, a flora e a fauna selvagens.
7. Evite fazer novos trilhos, utilizando os já existentes.
8. Respeite o meio ambiente, não deitando lixo para o chão, nem fazendo derrapagens desnecessárias.
9. Utilize vestuário de cores vivas, pois é essencial que seja visto nos dias de menor visibilidade.
10. Seja auto-suficiente tanto consigo, como com a sua BTT.
11. Evite andar sozinho, e quando o fizer diga para onde vai, levando consigo a sua documentação e um telemóvel.
12. Contribua para a educação e o correcto comportamento dos betetistas mais novos.
Política de Privacidade | WebDisigner | © 2005 - 2019 Clube BTT Azeitão.